Por que devo migrar meu Moodle da versão 1.9 para a 2.0?

Conheço muitas instituições que ainda utilizam a versão 1.9 do moodle a qual foi lançada em 2008. Neste post pretendo pontuar as razões pelas quais deve-se insistir na ideia de atualizar a versão do seu Moodle para a mais atual. A nova versão contém mudanças significantes em toda a estrutura da plataforma, quem migra na utilização percebe bem essa diferença, tem dificuldades no início mas rapidamente se adapta bem.

  • Navegação
    A navegação dentro do Moodle, um dos itens que ao meu ver sempre foi o mais dificultosos melhorou bastante na versão 2.0, mas na minha opinião ainda não está 100%.O bloco de administração agora fica em todas as páginas do Moodle, não é necessário mais voltar na pagina inicial do Moodle como administrador para gerenciar o sistema.A navegação dentro do curso também mudou. Agora como padrão há um bloco de navegação entre os tópicos do curso. Também é possível disponibilizar o conteúdo dos tópicos do curso em páginas diferentes diminuindo a quantidade de texto em uma única página para o aluno.O caminho de navegação (conhecido como caminho de pão) ao entrar em categorias e cursos ficou mais direto. Além disso, novos blocos laterais foram disponibilizados.

    Os temas também agora estão sendo melhor desenvolvidos e proporciona uma navegação mais direcionada através de menus superiores.

 

  • Ações Condicionais
    Uma das mudanças mais marcantes entre as versões são as ações condicionais que permitem configurarmos condições para o aluno avançar dentro do curso a partir de requisitos alcançáveis, como por exemplo, nota mínima, execução de uma unidade para avançar para a próxima, etc.. Fazendo com que o aluno seja melhor direcionado dentro do curso e alcance resultados mais definidos de acordo com as configurações.

 

  • Acompanhamento do aluno no curso
    A área de gestão do aluno também ficou mais rica. Com a ativação de alguns recursos como Acompanhamento do Aluno e Conclusão do Curso tanto o professor como o próprio aluno conseguem acompanhar a conclusão das atividades ao longo do curso. E com isso o Moodle tem possibilitado melhores relatórios de gestão do aluno.

 

  • Recursos incorporados como nativos
    Alguns recursos que antes eram muito instalados como plugins na versão 2.0 do moodle agora são nativos como o Livro, a atividade Hot Potato, o questionário de Pesquisa de Opinião e o Certificado.

 

  • Armazenamento de arquivos
    A forma de armazenar arquivos talvez seja algo que mais houve modificações na versão 2.0 do moodle. Na versão 1.0 todos os arquivos eram enviados ao servidor onde o moodle fora instalado e ficava disponível em uma pasta chamada Moodledata. Na versão 2.0 a mudança veio juntamente com a nova filosofia de armazenamento na nuvem em que se devem utilizar os repositórios gratuitos como Dropbox, Google Drive, Youtube, Vimeo, entre tantos outros. É possível utilizar os arquivos ainda alocados no servidor do Moodle, porém estes ficam em cache, impossibilitando obter o endereço absoluto dos arquivos. Isso fez com que se economizasse espaço no banco de dados e servidor permitindo que a aplicação ficasse mais otimizada.

As mudanças entre as versões não acabam por aqui, realmente só quem migrou sabe a real diferença entre elas. Embora este artigo possa parecer algo desatualizado, não é, pois ainda há muitas instituições que não fizeram essa migração por algum receio. Caso tenha alguma dúvida não deixe de questionar utilizando o campo de comentário abaixo.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *