Habilitando arquivos de cursos legados

Business-Parallel-tasks-icon  Depois de lançada a versão 2.0 do Moodle, a maneira de armazenamento de arquivos mudou. Até então os arquivos ficavam guardados na pasta Moodledata e cada curso possuía a sua pasta correspondente.

A versão 2.0 trouxe consigo a filosofia de arquivos mantidos nas nuvens, ou seja, mantidos em repositórios como o dropbox, google drive, youtube e tantos outros, com uma conexão com o Moodle. Esta opção tem como vantagem a economia de espaço em servidor próprio, porém requer organização e confiança na empresa para que os arquivos permaneçam em tal aplicativo até quando desejarmos.

Além dessa opção também é possível criar um repositório dentro do Moodle enviando arquivos via FTP, porém essa modalidade requer uma organização prévia por parte do administrador Moodle e um professor muitas vezes não possui esse conhecimento, assim simplesmente ele acaba subindo os arquivos sem organização alguma e estes ficam em uma pasta temporária do Moodle sem link direto.

A partir dessa dificuldade encontramos uma solução que seria similar à organização de arquivos das versões anteriores ao Moodle 2.0. A solução é configurar que o próprio Moodle permita criamos as pastas e sua organização no seu sistema sem precisar de FTP, e a função no Moodle é chamada de arquivos de cursos legados. Vamos configurar essa funcionalidade então.

Para isso deve-se primeiramente acessar o moodle como administrador e ir nas opções:

Página inicial / ► Administração do site / ► Plugins / ► Repositórios / ► Configurações de repositórios comuns

E então habilitar a opção Arquivos de cursos legados em novos cursos

Depois disso deve-se ir no curso que se deseja utilizar essa opção e em Editar configurações do curso escolher a opção:

Arquivos de curso legados – Sim

Espero que tenham gostado da dica, caso tenham dúvidas deixem comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *