Como configurar um curso no Moodle 1.9

lapis
Já descrevemos como instalar o moodle, muito bem ele está lá prontinho para ser usado e agora, por onde começar? Primeiramente é importante organizar o ambiente por categorias de cursos.

Ao instalar o moodle percebemos que existe uma categoria padrão já criada, no meu moodle, a categoria se chama Miscelândia. Assim uma boa dica é separar os cursos em categorias para uma melhor visualização tanto do aluno quanto como para proporcionar um melhor organização na hora de encontrar um curso para o próprio administrador. Pode-se criar categorias como, por exemplos, cursos livre, pós graduação, graduação, o nome que quiserem de acordo com os assuntos que os cursos envolvem, e dentro destas categorias também é possível criar sub-categorias, tudo para haver sempre uma melhor organização de conteúdo, é preciso pensar futuramente, quando tivermos inúmeros curso.

Depois disso é só criar um novo curso e configurá-lo, primeiro especificar em qual categoria ele deve ficar. Depois temos as seguintes opções:

Categoria: relacionado a organização pré-definida de todos os cursos existentes no moodle.

Nome completo: Nome do curso

Nome Breve: Nome que irá aparecer como abreviatura, será sempre visualizado como um link de retorno para a página inicial do curso.

Número ID do curso: é uma identificação do curso através de um número. Recomenda-se deixar em branco, assim os cursos ao serem criados, vão automaticamente e sequencialmente sendo criados.

Sumário: Descrição do curso, será visualizado por quem ainda não efetuou a inscrição no curso.

Formato: Existem 4 principais tipos de formatos de curso.
– Tópicos: em que os blocos que compõem o curso, irão aparecer com números seqüenciais
– Semanas: em que os blocos que compõem o curso, irão ser separados por datas a partir da criação do curso
– Social: em que o curso será determinado com apenas um fórum geral para os alunos, o curso irá girar em torno de debates através do fórum
– Scorm: voltado para o conteúdo todo criado em formato scorm

Número de Semanas ou tópicos: determina o número de blocos ou semanas, de acordo com a escolha do formato do curso, que conterão curso.

Data de Inicio do curso: Data que o curso irá se iniciar

Seções escondidas: blocos ocultados pelos professores/tutores estarão especificados que foram ocultos para os alunos.

Quantas notícias mostrar: quantidade de notícias mostradas no box da página inicial “Ultimas noticias”, se este estiver ativado

Tamanho máximo de upload: é possível determinar um limite de upload para professores através da interface do curso no moodle

Forçar tema: Determinar um template específico para o curso

Este é um meta curso? Meta curso é um curso do tipo geral que deve estar vinculado a outros cursos que se comportariam como disciplinas

Aviso de encerramento de inscrição: notificação de fim de inscrições e quantidade de dias anterior ao final de inscrição que pode ser configurado para informar ao aluno sobre o término de inscrição.

Disponibilidade
Configurar o curso para permitir o acesso por parte dos alunos ou não, também é possível criar uma senha para que servirá para os próprios alunos se cadastrarem ou restringir a entrada de não alunos.

Idioma permite trocar todos os nomes das atividades pelo idioma escolhido, é bastante utilizado em cursos de línguas para forçar o aluno a estar sempre lendo no idioma escolhido.

Mudança de nome da função, altera o nome de visualização para o aluno, por exemplo, no moodle um aluno tem um termo padrão de ser chamado por Estudante que pode ser alterar para Aluno nessa função.

Essas são as configurações básicas de um curso no moodle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *